Nutrição Criativa

Atualizado: 29 de set. de 2020

Um corpo e seu perfume...


Celebrar o divino em nosso corpo é uma forma de devoção para consigo mesmo.

Significa estar presente a cada escolha que entra dentro de nós.

Escolher com o coração sugere, alimentar a Alma, a vitalidade do corpo e a passagem para novos momentos.

Toda vez que estamos em uma relação com o outro, é um exercício com o sagrado em nós.

Também é uma chamada para o refinamento da intuição, das escolhas saudáveis, da valorização dos sentidos, preservar um centramento.

Já observou alguma vez que depois de um ciclo de calmaria, de nutrição, de conversa com seu Eu interior, aparecem novos relacionamentos?

E neste momento que fazes?

Dependo da aprendizagem, do encontro com as verdadeiras necessidades, uma pessoa que está alinhada ao seu propósito avalia bem a situação em frente À ELA, escolhe receber sim a relação por que ela agrega, estimula e nutre, caso contrário não deixa entrar se a situação é um mesmo do momento anterior, sendo este momento o cenário de repetidas ações.

O que quero dizer com isso, é que devemos observar que espelhos eu ainda atraio para minha Vida!

Todas as relações sejam elas: trabalho, amizades, relacionamentos amorosos, sexualidade, dinheiro, família, veêm para tocar e trocar profundamente no nosso ser célula. Todas as relações interagem profundamente com nossas crenças e superações.

Portanto eu ainda preciso de tempo para saber respeitar-me, valorizar-me, cuidar do meu corpo, sanar minhas feridas, perdoar, e muito mais coisas que nas experiências da vida cabem, sim eu devo estar atenta e com olhos bem acordados para as trocas que a matéria oferece.

Por exemplo, a mulher e a sua beleza: Esta mulher precisa entender se a beleza é usada por ela como um jogo de poder, por que inevitavelmente será usada pelo outro, em outras palavras, espelho que ela projeta de ela mesma, será projetado para Ela novamente. Outro exemplo, uma pessoa que não valoriza seu tempo, que vive no modo escravidão de si mesmo, que no padrão sobrevivência, esta pessoa seguramente irá atrair trabalhos, relações que a tratem como escrava, abusando de sua energia vital, porque...ELA DEIXA!!!

É muito importante observares quem é que manda aqui dentro de MIM!!!

Que valores agrego, que visão eu tenho do meu amor, qual é o meu significado para a saúde plena, e mais...EU REALMENTE FAÇO O QUE EU DIGO???

Ser uma pessoa com sua divina essência dá muuuuito trabalho, significa estar confiante no seu Dharma (caminho) estar feliz com suas aparências junto aos demais, estar tranquila com sua vida pessoal (aqui vamos ao tema likes nas mídias sociais, o vício por aparecer e ser vista nos seus luxos, gerando mais ostentação e uma falsa companhia), estar serena quanto aos possíveis erros na vida (lembre-se muitos serão aprendizagem, mas o mesmo erro várias vezes, sugere problema), estar com apetite pela vida, escolher bons alimentos, não apenas por que está na moda, mas sim por que gosta de comer, gosta do que escolhes e assim és FELIZ!!!


E para terminar....


Dance, dance muito, deixe que o suor seja uma lágrima de sustento no teu corpo, vibre como uma célula radiante, expresse sua essência, descubra o que realmente te faz Feliz!!!!

Ame, ame muuuuuuito o seu templo (corpo), alimente todos os dias o seu jardim, crie variedades de espécies, experimente o TUDO e o NADA, abrace, entregue-se, não peça nada em troca, deixe que o divino cósmico entregue os presentes que vieste receber nesta VIDA!!!


OM SHAKTI OM.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo